Idoso vive pelado há 20 anos em ilha isolada no Japão

O homem magro de pele queimada pelos 20 anos sob o sol da ilha trabalhou por pouco tempo como fotógrafo antes de passar anos na indústria do entretenimento.

Tóquio – Há duas décadas, um idoso mora na isolada ilha de Sotobanari, na província de Okinawa, no Japão. Masafumi Nagasaki, 76 anos, fez do local seu lar com uma vestimenta incomum: nenhuma roupa.

Pelado, o japonês enfrenta tempestades e picadas de insetos. “Eu não faço o que a sociedade me diz para fazer, sigo as regras do mundo natural. Você não pode combater a natureza, então você só tem que obedecê-la completamente”, afirmou Nagasaki. “Isso é o que eu aprendi quando eu vim para cá, e provavelmente é por isso que eu me viro tão bem”, disse ele.

O homem magro de pele queimada pelos 20 anos sob o sol da ilha trabalhou por pouco tempo como fotógrafo antes de passar anos na indústria do entretenimento. Quando chegou a hora de se aposentar, ele queria ir para longe de tudo. Nagasaki escolheu a ilha de Sotobanari, que tem cerca de 1 mil m de comprimento e significa “ilha distante” no dialeto local. Ela fica na costa da ilha de Iriomote, mais perto de Taiwan do que de Tóquio.

A determinação do japonês foi testada pouco tempo depois de ele ter se mudado para Sotobanari, quando um tufão atingiu a ilha, varrendo a maior parte da vegetação que lhe fazia sombra e a pequena tenda onde vivia. “Eu simplesmente queimei sob o sol. Cheguei a um ponto em que pensei que seria impossível viver neste lugar”, afirmou Nagasaki.

Durante o primeiro ano vivendo em Sotobanari, o homem vestia roupas toda vez que barcos passavam. Mas lentamente a ilha levou embora a vergonha de andar nu. “andar pelado não combina muito com a sociedade normal, mas aqui na ilha isso parece certo, é como um uniforme”, disse o japonês. “Se você põe roupas, vai se sentir completamente deslocado”, afirmou.

Masafumi Nagasaki se veste uma vez por semana para uma viagem a um acampamento a uma hora de barco, onde ele compra comida e água potável. Ele também retira os 10 mil ienes (cerca de R$ 220) enviados por familiares. Nagasaki se alimenta principalmente de bolos de arroz, que ele ferve. A água para o banho ou para se barbear vem da chuva, coletada em panelas antigas.

O japonês admite que não é o estilo de vida mais saudável que existe, mas esse não é o objetivo dele. “Encontrar um lugar para morrer é algo importante a se fazer, e eu decidi que este é o meu lugar”, afirmou Nagasaki. “Antes, eu nunca havia pensado como é importante escolher o local de sua morte, como um hospital ou sua casa, com sua família ao lado. Mas morrer aqui, cercado pela natureza – não se pode superar isso, certo?”, disse ele.

via Idoso vive pelado há 20 anos em ilha isolada no Japão.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: